Como se tornar um cientista de dados: dicas e passos para seguir

Por se tratar de uma trilha relativamente recente, são comuns as dúvidas sobre o que faz um(a) cientista de dados, salários desse mercado e habilidades necessárias. É bem interessante entender o que acontece em cada uma das intersecções parciais – aprendizado de máquina, área perigosa e pesquisa tradicional. Mas para o propósito deste artigo, vamos nos ater apenas à intersecção entre as três áreas de conhecimento. Para mais detalhes sobre as outras intersecções, recomendamos fortemente a leitura do artigo de Conway.

Uma vez que você tenha uma base sólida em programação e estatística, o próximo passo é começar a estudar ciência de dados mais formalmente. Ciência de Dados não é uma disciplina puramente computacional, muito longe disso, e vai muito além de aplicar bibliotecas e conhecer ferramentas de auto ML. Fazer inteligência artificial responsável é uma prioridade para nós e todos no time se envolvem nessas discussões e nos impactos arquiteturais. Ambas as linguagens permitem a manipulação de dados complexos, exploração de dados, análises, construção de modelos e testes estatísticos. No entanto, se você está no início da jornada em Ciência de Dados, recomendamos a escolha de apenas uma linguagem e dedicação total a ela, ao invés de tentar aprender as duas ao mesmo tempo.

Como se tornar um cientista de dados: áreas de atuação, carreira e mais!

Ela ajuda a entender o comportamento do consumidor e auxilia o setor a descobrir o porquê dos consumidores comprarem produtos de uma marca específica. O cientista de dados também utiliza a estatística no sistema de recomendações, que já explicamos anteriormente. Então, chegamos ao final deste tutorial “como se tornar um cientista de dados”. Até este ponto, falamos sobre a profissão de https://contest.embarcados.com.br/membro/curso-de-desenvolvimento-web/ ciência de dados (e alguns dos principais ramos relacionados a ela), os requisitos mais procurados e os motivos que atraem as pessoas para essa carreira. Há dois ramos populares da ciência de dados – análise de dados e engenharia de dados. Analistas de dados interpretam os dados que são apresentados na frente deles e, em seguida, trazem os resultados de volta para seus empregadores.

Em pesquisa recente feita pelo LinkedIn, por exemplo, ela aparece entre os 25 cargos com demanda crescente no país para 2022. A ciência dos dados é um domínio cativante que exige um conjunto diversificado de competências. A combinação de conhecimentos científicos, competência técnica e experiência no domínio permite obter informações valiosas para o progresso. Quer iniciar a sua jornada na carreira e ainda não sabe por onde começar? Entretanto, profissionais da área também precisam interagir com banco de dados, ferramentas de análise de dados e Business Intelligence. Isso envolve conseguir compartilhar insights e informações relevantes de maneira eficaz, realista e convincente.

Como se tornar um cientista de dados

Você provavelmente usa algoritmos de aprendizado várias vezes por dia sem saber. Sempre que você usa um site de busca como “Google” ou “Bing“, uma das razões para funcionarem tão bem é um algoritmo de aprendizado. Um algoritmo implementado pelo “Google” aprendeu a classificar páginas web.

como se tornar cientista de dados

Na ESEG, a grande vantagem é que a formação acadêmica é ampla e relaciona dados puros com aplicações do mundo real, permitindo que o engenheiro da computação atue na área de Data Science. Existem alguns caminhos para se tornar um profissional da área de ciência de dados de sucesso. Além da constante demanda por especialistas na área, o salário médio de um cientista de dados é de R$ 7.500,00, de acordo com o site Glassdoor, podendo chegar a mais de R$ 13.000,00. Existem muitas multinacionais e startups que precisam de cientistas de dados para organizar, tratar, analisar e aproveitar a enorme quantidade de dados gerada diariamente. Usar Data Science é inevitável e já é uma fonte essencial de concorrência e crescimento.

Leave a Comment

Related Posts